O local no Monte das Oliveiras, que comemora as lágrimas que Jesus derramou sobre a Sua cidade, antes de Sua entrada em Jerusalém.

Neste lugar podemos encontrar Jesus hoje e descobrir o Seu coração, quando pensamos nas lágrimas que Ele verteu aqui. Jesus chorou com compaixão pela cidade de Jerusalém, porque ela teria de enfrentar uma seríssima tribulação: a sua própria destruição. Jesus chorou, não porque em breve Ele seria cruelmente escarnecido, torturado e crucificado como um criminoso naquela ‘cidade, mas porque o Seu povo, a quem Ele amava, teria pela frente um terrível julgamento, ao invés do raiar do Reino dos céus. Não havia Jesus oferecido a eles esse reino com o Seu desafio: “Arrependam-se! Mudem suas vidas e sigam-Me!”? Mas para profundo pesar de Jesus, eles não atenderam a esse chamado. O coração de Deus também chora conosco, quando somos atingidos por Seus golpes de julgamento. Porque Ele nos ama, Ele chora quando tem de disciplinar-nos – assim como Ele chora de antemão, quando não damos atenção à Sua voz de admoestação; quando nos recusamos a abandonar um pecado específico que nos levará ao infortúnio. Mas, há regozijo no céu quando nos arrependemos. Hoje, o coração cheio de lágrimas de Jesus ainda está aberto para receber-nos. Jesus aguarda que confessemos os nossos pecados, que nos arrependamos deles, que os abandonemos, e que façamos um retorno verdadeiro, refugiandonos assim em Seu plangente coração. Ali encontraremos consolo e libertação de todos os nossos sofrimentos e pecados, e paz e renovação para as nossas vidas. E isso também ajudará a mitigar as lágrimas de Jesus.

Quando ia chegando, vendo a cidade, chorou. Lucas 19.41

O amor de Deus está lamentando.

Ó dor incomensurável!

Deus lamenta que o homem, a quem Ele criou,

desgarrou-se para longe d’Ele. Hoje, o chama com amor seu Salvador Jesus Cristo.

Deus chama, chama, Ele chama:

“Ó volte-se para Mim, volte para casa hoje!”

 

Faça uma viagem  à Terra Santa  ligue:(11) 3257-9211