Aqui encontramos Jesus como Aquele que anela pela nossa felicidade. Jesus, de pé neste monte, derramou o amor do Seu coração sobre Seus discípulos. Ele levantou a Sua voz e proclamou as Bem-Aventuranças. Ele quer ver as pessoas felizes. Ele chama as pessoas de abençoadas, mesmo agora, se elas seguem o caminho que Ele lhes mostrou. Todos os Seus caminhos, se os seguimos com dedicação verdadeira, conduzem à profunda alegria e bem-aventurança. Portanto, abençoados são aqueles que andam pelos caminhos de Jesus. Eles O seguem pelo caminho da cruz e da aflição. Eles O’ seguem pelo caminho da mansidão, renunciando aos seus próprios direitos; o Seu caminho de misericórdia, ao derramarem suas vidas com amor e perdendo-as para finalidades superiores; o Seu caminho de pobreza, não cobiçando nada em termos de dinheiro e bens materiais, presentes e segurança, popularidade e reconhecimento. Subitamente, invertem-se os papéis. Aqueles que parecem viver sob a sombra da adversidade, são os afortunados – presenteados com riquezas e imersos na bem-aventurança da graça de Deus. Eles são chamados de benditos. Aquele que escolher o Seu caminho, fará esta descoberta. Portanto, deseje a pobreza. a mansidão e a misericórdia; acolha bem a perseguição, a calúnia e a aflição. Faça disto a sua escolha, e você será contado dentre aqueles a quem Jesus chama de benditos, e a quem Ele realmente torna felizes. Ele derrama a plenitude do Seu amor e da Sua graça sobre eles e presenteia-os com riquezas.

Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus. Mateus 5.3.

Quem, meu Jesus, faz feliz tanto assim! Minh’ alma canta e jubila, sem fim. Jesus, eterna alegria. Já hoje os céus Tu fazes descer sempre que alguém se arrepender, Jesus, eterna alegria!

 

Faça uma viagem  à Terra Santa  ligue:(11) 3257-9211