15 jul 2011
Islã

A campanha dos árabes para conquistar a Palestina foi longa e fragmentada, e não se iniciou se não após a morte de Maomé em 632. O ataque começou do sul e do leste, e em 633-634 o exercito bizantino havia perdido o controle de grande parte da zona rural e se retirara para as cidades e povoados fortificados. Betsan foi à primeira cidade abandonada pelas forças bizantinas, e em 637 ou 638 Jerusalém se rendeu após um cerco de dois anos. Cesaréia caiu em 640, e Asquelon em 641. Os árabes se instalaram como agricultores na zona rural, e foram  [ Read More ]

Continue
5 jul 2011

A Idade do Ferro foi marcada pela descoberta de novas técnicas metalúrgicas, como o seu próprio nome sugere. Ela vai de 1200 a.C., a destruição do primeiro Templo em 586 a.C. É a época dos patriarcas bíblicos e começa com a invasão dos Povos do Mar, entre as quais os filisteus, em toda a costa da Palestina. O reinado de Saul, o primeiro rei de Israel, durou de 1029 a 1007 a.C. Segundo a Bíblia, Saul derrotou os amonitas, moabitas, amalecitas, arameus e edomitas e morreu quando combatia os filisteus perto do monte Guilboa. Saul foi sucedido por Davi, que  [ Read More ]

Continue
29 jun 2011

A Palestina caiu sob o controle Otomano pouco depois da derrota dos mamelucos no norte da Síria em 1516. A primeira metade do século de domínio turco é chamada de época de ouro, e nesse tempo o território da Palestina foi dividido em quatro distritos administrativos chamados sanjaks: Jerusalém, Gaza, Nablus e Safed. Quase toda a Palestina fazia parte de Damasco, uma província mais extensa. Safed se transformou no centro principal para os judeus, e em meados do século XVI se calculava que viviam na cidade e nos povoados limítrofes cerca de 10.000 judeus. O maior problema para os habitantes  [ Read More ]

Continue
27 jun 2011

A Terra Santa tinha sido um país perigoso para o viajante estrangeiro; todavia, durante o reinado de Muhammad Ali do Egito (1832-1840) Jerusalém se tornou mais acolhedora para os estrangeiros e diversos países ocidentais abriram ali consulados. Muitos missionários – cristãos protestantes, católicos e ortodoxos – iniciaram seu trabalho na cidade, e Jerusalém se transformou num centro de peregrinação para centenas de crentes. Numerosos relatos de viagens chamam a atenção dos viajantes, tanto europeus quanto americanos, para a Terra Santa. As escavações do Palestine Exploration Fund marcam o inicio da arqueologia moderna na Terra Santa, e seus achados despertam muito  [ Read More ]

Continue
21 jun 2011

Em 332 a.C., o exercito de Alexandre, o Grande, conquistou a Terra Santa. Após a sua morte em 323 a.C. o Império foi dividido entre seus herdeiros – os diodocos – , e a Palestina se juntou ao território governado pelos ptolemaicos, parte de uma província da síria e da fenícia. À Judéia, a terra dos judeus, concedeu-se um estado de autonomia e o sumo sacerdote do Templo de Jerusalém transformou-se também no líder politico. Mas o destino da Palestina dependia do equilíbrio das guerras entre ptolemaicos e selêucidas. Em 198 a.C. Antíoco III conseguiu o controle da Judéia. Seu  [ Read More ]

Continue
17 jun 2011

As cruzadas começam como resposta a uma convocação feita em 1095 pelo papa Urbano II para resgatar do islã a Terra Santa. Os cavaleiros da Primeira Cruzada, concluída com êxito na Terra Santa, chegaram à costa da Palestina em maio de 1099. Ramala se rendeu aos cruzados, e em 7 de junho Jerusalém estava cercada. Ao fim de pouco mais de um mês os cruzados abriram uma brecha nas muralhas da cidade. Da população muçulmana e judaica, calculada entre 20.000 e 30.000 pessoas, os poucos sobreviventes foram vendidos como escravos. Os cristãos de Belém se entregaram aos cruzados, e as  [ Read More ]

Continue
14 jun 2011

A idade do bronze deve seu nome ao uso cada vez mais frequente deste material, uma liga de cobre e de 5-10 por cento de estanho. A primeira idade do Bronze anterior a Bíblia começa por volta de 3150 a. C. Este período se destacou pela urbanização crescente, quando a população se reuniu em cidades-estados, com uma cidade ou um povoado rodeado por aldeias e fazendas. Algumas dessas cidades-estados eram fortificadas, e há provas de guerra entre Estados. A população total não passava de 150.000 pessoas. A economia se baseava, na maior parte, na agricultura, e a primeira idade do  [ Read More ]

Continue
13 jun 2011

Os primeiros anos de domínio dos mamelucos egípcios viram projetos de novos prédios em Jerusalém, mas em geral a Palestina não tinha importância para os governantes mamelucos. A economia não experimentava grandes mudanças havia muitos séculos, e as exportações mais importantes eram as frutas, o azeite de oliva e o sabão. Muitas das cidades costeiras, entre as quais Acre e Jafa, foram destruídos para evitar que os cruzados pudessem voltar a pôr os pés na Terra Santa. Grande parte de Jerusalém estava em ruinas, e crê-se que tinha então menos de 4.000 habitantes. Os centros populacionais se haviam mudado para  [ Read More ]

Continue