28 jul 2011
monte do carmelo

Geografia física Aos olhos do turista moderno, a zona compreendida entre o Carmelo e Rosh Hanicra apresenta-se como uma zona marcada pela implantação de fábricas, com uma estação balneária e culturas intensivas de frutos. Imediatamente a norte do Carmelo encontra-se o complexo industrial de Haifa, com a sua refinaria de petróleo. A estrada principal que liga Haifa a Aco está assinalada, na sua primeira metade, por pequenas empresas que se estendem até o mar. Em seguida, está rodeada de uma série de tanques dedicados à piscicultura intensiva. A meio caminho atravessa-se Naaria. Esta localidade, que em 1934 era apenas uma  [ Read More ]

Continue
26 jul 2011
Galiléia

Geografia física O nome “Galiléia” vem do hebraico galil, que designa um “ circuito” ou um “descrito”. Em Josué 20, 7 e 21, 32, a cidade de Quedes é situada na Galiléia. Em 1 Reis 9, 11, Salomão cede o rei Hiram vinte localidades mencionada, ao mesmo tempo que cidades do Norte (Abel-Bet-Maacã, Janoa, Quedes e Hasor),  como constituindo “toda a terra de Neftali” , que foi conquistada por volta de 734 a.C., pelo assírio Tiglate-Pileser. É em Isaias 8, 23 que encontramos esta célebre expressão: “a Galiléia das nações” (há-galil há-goyim). Dividem-se as opiniões no que se refere à  [ Read More ]

Continue
25 jul 2011
Betel, Samaria, Carmelo e Jezrael

Geografia física. Estas diferentes regiões estão longe de constituir uma unidade geográfica. A montanha de Betel é o prolongamento da de Hebron. O vale de Jezrael liga-se a Galiléia. Quanto ao Carmelo, não é mais do que o esporão ocidental dos montes de Guilboa. Contudo, como estas regiões viriam a tornar-se a base territorial do reino do Norte, após o cisma que se seguiu à morte de Salomão, pareceu-nos mais lógico agrupá-las sob o mesmo titulo. Tal como já observamos a propósito da Galiléia. Israel nem sempre controlou o território situado a norte do vale de Jezrael. Em contrapartida, até  [ Read More ]

Continue
20 jul 2011
OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Geografia física Os gráficos dividem a montanha da Judéia em três zonas distintas: as colunas de Hebron, que se estendem por 40 quilômetros, do Naal Bersabéia ao sul de Belém: a depressão de Jerusalém, que prolonga o relevo até uma dúzia de quilômetros a sul de Ramalá, e a montanha de Betel, que se desdobra até o uádi Sereda. O capitulo presente é essencialmente consagrado à descrição e à historia das colinas de Hebron e de Belém. Jerusalém e as colinas do norte constituirão o objeto de um estudo particular. As colinas de Hebron são rodeadas, a oeste, pelo vale  [ Read More ]

Continue
5 jul 2011

A Idade do Ferro foi marcada pela descoberta de novas técnicas metalúrgicas, como o seu próprio nome sugere. Ela vai de 1200 a.C., a destruição do primeiro Templo em 586 a.C. É a época dos patriarcas bíblicos e começa com a invasão dos Povos do Mar, entre as quais os filisteus, em toda a costa da Palestina. O reinado de Saul, o primeiro rei de Israel, durou de 1029 a 1007 a.C. Segundo a Bíblia, Saul derrotou os amonitas, moabitas, amalecitas, arameus e edomitas e morreu quando combatia os filisteus perto do monte Guilboa. Saul foi sucedido por Davi, que  [ Read More ]

Continue